domingo, 26 de agosto de 2012

Kimono Vermelho no Evento das Maravilhas - Parte 3

Último post falando sobre a Bienal do Livro.
É, eu também to chateada, pessoal. Acabaram-se as pautas...

Não viu a primeira parte e nem a segunda do meu passeio pelo Evento das Maravilhas? Migre sua visita para e para .

Tour pela Bienal do Livro - Última chamada
O belo estande do Grupo Editorial Record

Espaço aberto da Editora Madras

Capas dos livros da Novo Conceito

Estande da Editora Rocco
Grupo de estudantes à direita em visitação.
A verdade é que tirei essa foto por causa
da Livraria da Turma da Mônica.

Estande principal da Editora Panini. ENORME.

Estande da Panini com action figures do
Batman e Lanterna Verde em tamanho real

Estande da loja Submarino

Estande gracioso da Panda Books

Quarta feira - Um dia lindo para ir na Bienal

FGV Editora também marcando presença

Um dos estandes que oferecia assinatura de
revista e perturbação durante o passeio...

Livros brasileiros pelo mundo...

Ah, Jorge Amado e Machado de Assis...

Belo estande da L&PM Pocket

Visão da lateral do estande da L&PM Pocket

Publifolha - Onde eu quase chorei...

O belo estande da editora Libris

Amplo estande do SESC-SP.

Área de interatividade da SESC-SP

Tecnológico estande da Hub Editorial conhecida
por seus livros de aprendizagem de idiomas

O estande da FTD vazio e que mais tarde...

...teve apresentação de música de capoeira

Árvore de fitas na Editora Callis

Editora Callis

V&R Editoras que publica Diários de Um Banana,
que é ilustrado e escrito por Jeff Kinney

Estande do Senac

Impressão de estar em um evento de anime...

Estande da loja Comix Books

Só para avisar... Ainda tem mais foto, viu?
Um apanhado com fotos de estandes de editoras e lojas.

O estande da Editora Panini estava com esses action figures do Batman (criadores: Bill Finger e Bob Kane) e do Lanterna Verde (criadores: Bill Finger e Martin Nodell). Eu pessoalmente não sou fã de quadrinhos norte-americanos, mas gostei do uso desse tipo de artifício para chamar a atenção do público.

Como citei na primeira parte do "Kimono Vermelho no Evento das Maravilhas", alguns estandes de revistas e editoras ficavam empurrando assinaturas e atrapalhando um pouco o passeio. Isso aconteceu comigo pelo menos cinco vezes.
Os estandes menores da Editora Panini distribuídos pelo Anhembi, estavam pedindo assinaturas para as revistas da Turma da Mônica (tanto a tradicional quanto a Jovem - em estilo mangá - ambas de Maurício de Sousa).

A Editora Publifolha jamais será esquecida, entrou na história da minha vida! O dia em que eu quase chorei por causa de um livro. Realmente épico.

Quando eu estava indo embora, vi que na área do SESC-SP estava tendo uma apresentação. Acabei perdendo muitas coisas por não ter uma credencial, tempo, dinheiro e saúde nessa 22ª edição.
Propaganda do novo livro de J.K. Rowling:
The Casual Vacancy (ainda sem tradução no Brasil)

Homenagem a Nelson Rodrigues

Espaço de Nelson Rodrigues

Não resisti, tive que tirar foto desse
totem com Guimarães Rosa.

Estande da Editora Arqueiro

Espaço Livros & Cia. vazio...

Livro 50 Tons de Cinza de E.L. James

Estande da livraria Saraiva

Estande da Globo Livros

Ao lado da praça de alimentação...

...melhor localizado, impossível...

...está o espaço Cozinhando com Palavras

Adoraria ter assistido, mas eu precisava correr
a Bienal para trazer fotos, pauta e meus livros

Rapazes, há uma platéia ali atrás, ok?

Presença de algumas editoras internacionais

O belo Salão de Ideias fechado...
Como se isso pudesse me deter... Tsc!

Frestas - Todo jornalista ama

Lindo painel do Salão de Ideias

Fotos exclusivas de uma palestra não muito cheia

Presença de um agasalho de algum funcionário
da Rede Globo...

Entrada do espaço # Você + Quem = ?

Parede translúcida do  # Você + Quem = ?

Destaque da Bienal: Editora Melhoramentos

Enfeite(?) que estava em vários pontos do evento
Kimono Vermelho e sua molecagem básica ao se aproveitar das frestas do Salão de Ideias para tirar fotos... Senti-me uma espiã/ninja. Foi divertido.
Eu tentei entrar na sala, só que a porta estava trancada, então passei por uma abertura e... Eis a ideia das fotos. Na verdade, gostei mesmo é daquele agasalho com o emblema da Rede Globo, uma gracinha.

A editora destaque desta edição foi a Melhoramentos, onde fui procurar o dicionário de Japonês-Português e não achei. É realmente difícil encontrar algo tão underground quanto material sobre o idioma japonês. É a vida, preciso frequentar mais as livrarias.

A área do Cozinhando com Palavras estava ainda aberta quando passei por lá, no entanto, seria complicado ficar trinta ou mais minutos ali enquanto eu tinha tanto para fazer e problemas de tempo para resolver.

Por fim... 50 Tons de Cinza por todos os lugares. Contei pelo menos umas quatro aparições/menções desse livro nas minhas fotos. Só estou esperando para terminar a leitura de Crepúsculo (Stephenie Meyer) e fazer sua resenha, para seguir com 50 Tons. Tenho que garantir as pautas para o site, sabe?
Aliás, pintou uma dúvida agora que migrei para o Blogger: isso aqui é um site ou um blog?

Espero que vocês tenham gostado dos posts sobre a Bienal do Livro.

AVISO: Se você saiu em alguma foto e não quer que ela permaneça no site ou seja censurada com mosaico, por favor, envie uma mensagem ao e-mail: akai.kimono@gmail.com - com uma foto comprovando sua identidade.

Por Kimono Vermelho (26/08/2012)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar conheça as nossas regrinhas:
-Não poste nada ofensivo, respeite os outros;
-Não brigue, aqui não é ringue de boxe;
-Não faça merchandising do seu blog com a desculpa de "ah, mas eu comentei sobre o post também".
Siga as regras e você não conhecerá o lado escroto da Kimono.